Arquivo do mês: março 2014

Nasa descobre 715 planetas fora do sistema solar; 4 podem ser habitáveis

O observatório espacial Kepler conseguiu identificar ao menos 715 planetas, quatro deles com condições que poderiam torná-los habitáveis, localizados fora do sistema solar, anunciou hoje a agência espacial NASA.

Observatório espacial Kepler conseguiu identificar ao menos 715 planetas - AP/Nasa

AP/Nasa
Observatório espacial Kepler conseguiu identificar ao menos 715 planetas

Lançado em março de 2009, o observatório Kepler é a primeira missão da Nasa cujo propósito é identificar exoplanetas (planetas fora do sistema solar). Segundo Douglas Hudgins, da Divisão de Astrofísica da agência espacial, “o telescópio mudou totalmente a pesquisa”.

“Há apenas 20 anos só conhecíamos umas dezenas de possíveis candidatos a exoplanetas e agora temos cerca de 1 milhão, a maioria descoberta nos últimos cinco anos”, afirmou Hudgings em uma teleconferência.

Planetas pequenos. Jason Rowe, cientista do instituto Seti, en Mountain View, na Califórnia, disse que “a presença de vários planetas em torno de uma estrela, como ocorre com nosso sistema solar, é bastante comum”.

“Eles são, em sua maioria, planetas pequenos, comparados com a escala dos planetas do sistema solar e, de fato, todos se encontram em sistemas multiplanetários e 95% são menores que Netuno”, acrescentou Rowe. “Encontramos poucos planetas do tamanho de Júpiter.”

“Os novos sistemas descobertos têm planetas com órbitas planas e circulares, como os planetas interiores de nosso sistema solar”, disse o pesquisador.

Sara Seager, professora de ciência e física planetária no Instituto Tecnológico de Massachusetts, assinalou que o novo sistema de identificação “permite comparar os candidatos em grupos e isso nos leva a analisá-los muito mais rápido”.

Fonte: http://www.estadao.com.br/noticias/vida,nasa-descobre-715-planetas-fora-do-sistema-solar-4-podem-ser-habitaveis,1134955,0.htm

Anúncios

Agência Espacial divulga imagens de rios de lava extintos em Marte

PARIS – A Agência Espacial Europeia (ESA) divulgou nesta quinta-feira, 6, fotografias de rios de lava extintos em Marte que provêm de vulcões que estiveram ativos há dezenas de milhões de anos.

As imagens, tiradas em novembro de 2013 pela sonda Marss Express, correspondem à região Tharsis Montes do planeta vermelho, onde se encontram seus maiores vulcões.

Fotografia tirada pela Agência Espacial Europeia de extintos rios de lava em Marte que provêm de vulcões ativos há dezenas de milhões de anos

“Acredita-se que a região vulcânica esteve ativa há dezenas de milhões de anos, relativamente recente na escala geológica do planeta” de 4,6 milhões de anos, indicou a ESA em um comunicado.

A maior das cratera que podem ser observadas nas imagens, o Misttreta, tem diâmetro de 16,5 quilômetros e ficou rodeada por um mar de lava.

Os cientistas acreditam que a primeira das erupções que deram lugar a estes rios de lava aconteceu por um movimento de placas tectônicas.

Fonte: http://www.estadao.com.br/noticias/vida,agencia-espacial-divulga-imagens-de-rios-de-lava-extintos-em-marte,1137886,0.htm

Agência espacial divulga imagem da Península Ibérica durante a noite

Foto permite apreciar o limite entre a Península Ibérica e o Marrocos, separados apenas por ‘uma fina linha de escuridão’, o Estreito de Gibraltar

11 de março de 2014 | 16h 50
 
PARIS – A Agência Espacial Europeia divulgou nesta terça-feira, 11, uma fotografia tirada da Estação Espacial Internacional, a 400 quilômetros da Terra, que mostra a Península Ibérica durante a noite.

Madri é a zona com mais luz. A luminosidade da costa mediterrânea também se destaca, especialmente em Cartagena, Múrcia, Alicante e Valência e no litoral português, o que, segundo a agência, reflete a densidade populacional da região.


Foto: EFE

A agência destacou também que a imagem permite apreciar o limite entre a Península Ibérica e o Marrocos, separados apenas por “uma fina linha de escuridão”, o Estreito de Gibraltar.

A fotografia, tirada no dia 6 de março, permite diferenciar os limites da atmosfera, a capa de ar que envolve e protege a Terra.

 

 

Fonte: http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,agencia-espacial-divulga-imagem-da-peninsula-iberica-durante-a-noite,1139620,0.htm